quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Perfumes do Mediterrâneo – Palma de Maiorca


Perfumes do Mediterrâneo – Palma de Maiorca
15 de Outubro de 2009

Palma de Maiorca é a maior ilha do arquipélago das ilhas Baleares, a leste de Espanha, sendo banhada pelo Mar Mediterrâneo. Tal como as outras ilhas Baleares, Menorca, Ibiza e Formentera, Palma de Maiorca é um importante destino turístico. Tem uma superfície de 3.640,11 km ² e 862.397 habitantes de acordo com o censos de 2009.


Os primeiros turistas começaram a chegar à ilha nos inícios dos anos vinte e, até à Guerra Civil, foi crescendo no turismo seletivo, especialmente intelectuais e artistas.
O clima ameno da ilha, com céu claro, a sua beleza cênica, a sua grande história, e sua atmosfera cosmopolita tornam-na num lugar especial. Em Palma podemos encontrar relaxamento, inspiração, cultura e lazer ", tudo num território tão pequeno.

O porto de Palma de Maiorca é o maior das ilhas Baleares e o terceiro mais visitado do Mediterrâneo por cruzeiros de grande porte, logo atrás de Barcelona e Civitavecchia. Está localizado no centro da Baía de Palma diretamente no passeio marítimo que vai até ao centro da cidade, embora esteja um pouco longe do centro, a cerca de de 3,7 kms. É uma caminhada um pouco longa em torno do porto.

A melhor opção para se chegar ao centro é apanhar o autocarro n º 1 em qualquer um dos molhes.
Outras alternativas são o autocarro turístico n º 50 com um custo de 15 € e o táxi que custa cerca de € 9 até ao centro.

A Cidade Velha de Palma de Maiorca combina uma rede de becos de traçado medieval e pátios maiorquinos de nobres e comerciantes que atestam a arquitetura tradicional da época romana com avenidas e edifícios contemporâneos e modernistas, impressionando o seu tamanho, com grandes e variadas áreas pedonais. Os palácios e museus misturam-se com locais e lojas tradicionais e cosmopolitas. A cidade tem imensas atracões que merecem uma visita, a Catedral, Palácio da Almudaina, Museu de Maiorca, Camara Municipal, Banhos Árabes, Convento San Francisco, entre outros. Fora da cidade velha não se pode perder o passeio marítimo de Palma, o Castelo de Bellver e a Fundação Pilar e Joan Miró.
Como já conhecíamos a cidade optamos por comprar os bilhetes para o Bus Turístico, cuja paragem, tal como referi anteriormente é mesmo em frente à saída do porto.

A nossa primeira paragem foi no centro da cidade velha, ou antiga, onde demos um passeio tranquilamente pois esta era a ultima escala do cruzeiro, o cansaço começava a mostrar-se e também porque já conhecia o que era oferecido pela Costa Cruzeiros no seu pacote de excursões.
 

 Apanhamos depois novamente o bus turístico e tranquilamente demos a volta à cidade. Apenas me lembro de ter saído do autocarro para visitar o Castelo de Bellver.

 

Esta é uma amostra do que se pode ver no centro de Palma de Maiorca, mas Maiorca oferece maravilhosas paisagens e tesouros entre suas planícies e montanhas, por isso vale a pena conhecer um pouco mais a fundo a ilha, mas não num único dia, antes numas férias de uma semana. É sempre melhor visitar Palma de Maiorca, alugar um carro e percorrer um conjunto de atracões que já conhecia de uma anterior visita, das quais destaco:
CUEVAS DEL DRAC

Localizadas na costa leste de Maiorca, estas grutas são uma das principais atrações e são, certamente as mais destacadas, já que apresentam um deslocamento horizontal de perto de 2400 metros de comprimento e uma profundidade na sua quota máxima de25 mts abaixo da superfície. As cavernas escondem um grande lago subterrâneo, o Lago Martel, considerado um dos maiores lagos subterrâneos do mundo
COMBOIO DE SOLLER

Outra das atracões que destaco em Palma de Maiorca é o comboio que liga as cidades de Palma e Soller. Este comboio leva-nos de volta para outra época, devido à sua construção, nomeadamente os seus assentos de madeira. A viagem demora aproximadamente uma hora, ou talvez mais, pelo que não é a viagem ideal para quem tem pressa. Mas a beleza do percurso vale bem o tempo que se perde, atravessando toda a serra de la Tramontana, túneis e estradas que cruzam a paisagem.
Palma de Maiorca é sem dúvida uma das boas escalas de cruzeiros no mediterrâneo e constitui uma agradável surpresa para muita gente que desconhece a ilha.


Desta forma, terminou o nosso cruzeiro pois no dia seguinte bem cedo já estávamos novamente em Barcelona, onde pernoitamos e só depois regressamos a casa.

Até sempre…