sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Perfumes do Mediterrâneo – Embarque no Costa Concordia

9 de Outubro de 2009
Apesar da paixão pelos aviões e pelo mundo da aviação, nunca gostei muito de andar de avião e sempre encarei essas viagens como um mal necessário se queria sair do meu “quintal”. Ainda hoje não ultrapassei totalmente este receio mas aprendi a viver com ele não abdicando de visitar um destino por influência negativa da viagem de avião. Não posso considerar-me “aerofóbico” pois, por exemplo, nunca sofri qualquer ataque de pânico na hora de voar. Apenas não me sinto confortável dentro de um avião, sentimento que julgo ser muito vulgar nos passageiros que acham que o ser humano não foi feito para andar a 10 kms de altura dentro de um tubo de alumínio.
Fruto da pouca vontade em andar de avião, sempre que era altura de planear as férias tentava que não houvesse necessidade do recurso a esse meio de transporte. Consegui muitas vezes evitar o uso do avião, no entanto as férias teriam de ser entre o Algarve e um qualquer local de praia no sul de Espanha.
Esta introdução serve para explicar que nesta altura a minha fobia estava um pouco mais exacerbada, pois nem sequer queria ouvir falar em andar de avião, pelo que tinha obrigatoriamente de ser encontrada uma sugestão que não implicasse viagem aérea. Como nesta altura o “bichinho” dos cruzeiros já se tinha enraizado definitivamente na minha mente foram ponderadas as possibilidades de efetuar um cruzeiro com partida de Barcelona, pois era a única cidade que permitia efetuar a viagem de carro. Atualmente já existem cruzeiros com partida de varias cidades de Espanha e inclusive de Lisboa, mas em 2009 a situação era muito diferente.
O uso do carro permitiu o convite à minha mãe para se iniciar nestas andanças, ao que ela acedeu prontamente!
Optamos então pela Costa Cruzeiros que oferecia o “Perfumes do Mediterrâneo” com um dos seus navios mais recentes, o Costa Concórdia.
A viagem seria feita na noite anterior ao cruzeiro já que a data das férias não estica e apenas poderia tirar os dias do cruzeiro como férias. Pode-se pensar que é uma brutalidade fazer uma viagem de 900 kms de carro quando se tem alternativas “Low Cost”, mas na altura as alternativas não o eram pois a Ryanair viajava para Girona, que ainda fica a uns quilómetros de Barcelona. Mas lanço outro desafio, se começarmos a somar malas de porão por quanto fica uma viagem OPO-BCN mesmo em “Low-Cost”?, para uma pesquisa feita no dia de hoje e para 3 pessoas 294,96€. Se colocarmos de lado a comodidade não compensa a viajem de avião!
Saímos de Santa Maria da Feira pelas 20h e com algumas paragens pelo caminho para refeições e troca de condutor, chegamos a Barcelona pelas 10h do dia do embarque.

O nosso itinerário!
Como ainda era cedo para embarcar, fomos mostrar um pouco de Barcelona à minha mãe e subimos até Montjuic de onde poderíamos apreciar uma panorâmica sobre a cidade.

Parte do complexo olimpico!
Panorâmica da cidade!
O estádio olímpico!

E desde o miradouro podíamos ver o porto de Barcelona...


... e olhem quem já se encontrava atracado:

Apesar dos obstáculos, claramente o Concórdia!
Erradamente tinha a informação que poderia embarcar logo às 11:00h da manha, pelo que decidimos ir até ao World Trade Center, mesmo junto ao porto, onde deixaríamos o carro durante o cruzeiro. Existe um preçário especial para cruzeiristas, sendo necessário mostrar o bilhete do cruzeiro para ter o “preço especial”. O preço não alterou muito face aos atuais, mas não tenho certeza absoluta de quanto pagamos. Atualmente o preço para 8 dias de cruzeiro são 87,50€, o que face à localização do parking não acho exagerado.

O World Trade Center visto do aquario de Barcelona!
Após o estacionamento da viatura seguimos para o Palacruceros, que é o terminal D usado pela Costa Cruzeiros em Barcelona. A viagem foi feia de autocarro e julgo ter custado 2:00h, preço Ida e Volta. No entanto o embarque só começaria às 14:00h e tivemos que almoçar por ali e apanhar uma valente “seca” pois não queríamos gastar o dinheiro de mais viagens.
As instalações do terminal são muito agradáveis e acolhedoras, existindo inclusive uma zona infantil que a Beatriz adorou.


O número de passageiros no terminal foi aumentando à medida que se ia aproximando a hora  ansiado embarque.

Já faltou mais para o embarque...
Após o embarque e as fotos da praxe...


... chegados ao camarote, tínhamos o "Today" para aquele dia...


... o resto da tarde/noite foi passada a conhecer o navio.




Logo após o jantar recolhemos ao camarote, pois o cansaço da viagem era evidente e eu não dormia há muitas horas.

Até amanha em Marselha!