sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Nova Iorque - New Year's Eve in Times Square

31 de Dezembro de 2010 – Nova Iorque – Passagem de Ano em Times Square


Tal como referi anteriormente o objetivo desta viagem sempre foi a passagem de ano em Times Square. Sempre alimentei a ideia que uma passagem de ano num local como Nova Iorque seria uma coisa fantástica, daquelas que normalmente entram na lista de coisas a fazer antes de morrer. Logo após a marcação da viagem vi essa ideia fugir a “sete pés” quando comecei a pesquisar o que haveria para fazer e quais os melhores locais para o conseguir.

Posso afirmar que li coisas que julgava impensáveis, normalmente classificando a passagem de ano em Times Square como uma experiência horrível a não repetir. Tudo bem que sempre pensei que seria confuso dai termos decidido não levar a nossa filha com cerca de 4 anos na altura, mas seria assim tão mau? É se tivermos em conta o resultado final! e passo a explicar porquê!

Estamos a falar de algumas ruas que são fechadas ao trânsito desde a manha cedo e onde se vão aglomerando pessoas que ficam dentro de retângulos protegidos por grades metálicas que assim que estão cheios são fechadas para que se formem outros retângulos e assim sucessivamente. O acesso é controlado pela polícia não sendo possível evitar a fila para entrar e quem sair perde o seu lugar e tem que ir para o final da fila.

Não existem casas de banho e por razões de segurança não se pode levar mochilas com comida, apenas nos bolsos dos casacos.

Resta dizer que algumas pessoas para garantirem o melhor lugar vão para a rua às 14h, ou seja 10 horas antes da meia-noite!!!! Fazendo um jogo de equilíbrio… entre hidratarem-se mas não sentirem vontade de utilizar a casa de banho, senão… perdem o lugar!!! Ouvi falar de pessoas que levam fraldas para adultos. Já dá para perceber…mas vamos lá contar como foi este final de dia:

Aquando da compra do “pacote” foram-nos propostos vários hotéis, sendo a nossa escolha feita em grande medida pela localização. A consulta à página da internet do hotel revelara que os quartos não tinham vista para o local onde é feita a contagem decrescente para a passagem de ano, mas como ficava muito próximo escolhemos o “The Manhattan At Times Square”.
Já em Nova Iorque verifiquei que da entrada do hotel se via perfeitamente o “famoso” local e resolvi questionar o concierge sobre esta situação, ele respondeu-me que apesar de não puderem fazer isso, tinham a policia controlada e antes alguns minutos da meia-noite abriam as portas para os hospedes do hotel puderem apreciar a contagem decrescente e festejarem na rua a passagem de ano!!! Adorei a ideia que apenas tinha um senão, obrigava a chegar cedo ao hotel porque o acesso ao mesmo era cortado a meio da tarde.

Com novos planos em mente regressamos ao hotel cerca das 16:00-17:00 e passamos o tempo a ver as ruas a encher e a assistir pela televisão à passagem de ano nos diversos países da Europa.

O aspecto das ruas quando regressamos ao hotel era este:

 
Imagem

Imagem

Ainda antes das 19h a vista do nosso quarto era a seguinte:

Imagem

Cerca das 23:15h decidimos descer até ao átrio do hotel que estava muito animado com uns brasileiros que sozinhos faziam a “festa”.
Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Ao contrário do que nos tinham dito a polícia estava a deixar os hóspedes do hotel sair até ao passeio em frente o que criou em mim um sentimento de culpa pois a 1 metro estavam pessoas que entraram na caixa de segurança seguramente às 16h e lá estavam sem comer e nós a fazer a festa “fresquinhos”. Pedi então a um polícia para nos deixar entrar na caixa e lá ficamos cerca de 30 minutos. Isto aliviou um bocado o sentimento de culpa.

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Ainda surpreendido com o que via chegou a hora da contagem decrescente, que se traduz apenas, na descida de uma esfera no topo de um prédio até chegar as 00:00h e lançarem algum fogo-de-artifício e como alguém disse, “beijar a mulher, a mãe, a filha, o primo, a tia, o cão, o gato, etc etc etc e fim de festa. Começam a abrir as grades do final para o princípio e as pessoas vão abandonando o local até outros locais. Sinceramente esperava mais daquele momento!!!

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Cerca das 1:30h estávamos sentados num restaurante turco a comer um Kebab já que o jantar não tinha simplesmente acontecido!

E eram horas de recolher aos aposentos pois o dia 1 de Janeiro iria ser preenchido!