segunda-feira, 6 de junho de 2011

Fiordes da Noruega - MSC Orchestra

Dia 3 – Navegação

Finda a 1ª noite a bordo, chegados ao camarote, já tínhamos em cima da cama o programa para o dia seguinte, o dia de navegação. A novidade era que seria o cocktail do Comandante e noite de Gala.


Tínhamos também um folheto diário da guia Daniela com avisos e conselhos para o dia seguinte:


Nunca gostei dos dias de navegação, já que a minha paixão pelos cruzeiros vem da possibilidade de visitar vários locais/países sem tirar a mala do quarto do "hotel", ainda por cima um "hotel 5*". Não usufruo do casino, piscina estava a chover e se não estivesse estaria cheia de "mosquitos", não tenho paciência para bingos, aulas de culinária ou costura, etc. Normalmente aproveito para descansar, apanhar um pouco de sol (quando dá), colocar a leitura em dia e preparar os dias seguintes.

Acordado desde cedo, não consegui tirar a família da cama a tempo do pequeno almoço ( a Beatriz já o tinha tomado através do "room-service") e por solidariedade com a Virgínia abdiquei do mesmo, pensando compensar ao almoço.

Estava programado o encontro diário (30 minutos), com o grupo Nortravel para preparar o dia seguinte e esclarecer as duvidas ou problemas que fossem surgindo para as 11:30h. Acabo por reconhecer mérito a estes encontros pois permitia preparar bem o dia seguinte e aproveitar os conhecimentos da guia para receber alguns conselhos.

As refeições foram sempre que possível "à la carte" para evitar os aglomerados de passageiros nos buffets e porque na minha opinião a comida nos restaurantes à la carte é melhor. Como era navegação imaginamos logo que iria ser muita confusão nos restaurantes todos, já que os horários para almoço não são muito alargados. Fomos para o "Villa Borghese" cerca das 12h e fomos logo conduzidos a uma mesa ocupada por 4 alemães. Ficou um pouco difícil o dialogo porque para falavam muito pouco inglês e para mim alemão e chinês não tem grande diferenças.

este risotto estava divinal!!!

Após o almoço, tomamos um expresso, recolhemos ao camarote para ler um pouco (chovia a potes, nessa altura) e pensei ir experimentar o ginásio (levei o equipamento todo mas este veio limpinho por preguiça e também cansaço dos dias passados a correr.

O cocktail do Comandante estava marcado para as 19:00 no Amber Bar e Savannah Bar. Apenas chegamos a tempo do encontro e da foto da praxe:


Entretanto no Teatro Convent Garden actuava uma cantora entretendo os passageiros até a apresentação da tripulação:


Terminada a apresentação e das palavras do Comandante Guiliano Bossi nas diversas línguas, incluindo em português citando Fernando Pessoa (fez o mesmo nas as outras línguas!) era hora de jantar:


Seguido do espectáculo, que apenas perdemos no ultimo dia por indisposição da Beatriz. Não me canso de referir a alta qualidade dos espectáculos, do melhor que já assisti em cruzeiros. De referir que nunca colocaram problemas nas fotos e nas filmagens, sendo que no meu caso evitava usar flash para não perturbar.


Infelizmente a Beatriz quando não dorme de tarde fica com sono bem cedo e adormeceu durante o espectáculo, por isso era hora de regresso ao camarote que a saída no dia seguinte estava marcada para as 07:50h com passagem pelo mini-club 15 min antes para deixar a Beatriz.

Uma parte da "familia" já dormia

Uma ultima visita à varanda

Amanha é dia de Briksdal, a aguardada visita à língua do glaciar.

Até amanha em Hellesylt...